Reabertura gradual contempla nove dos 16 parques estaduais da capital, com restrição de portões e de horário de funcionamento

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (10) a retomada gradual de visitação dos parques estaduais na capital, que se encontra na fase amarela do Plano São Paulo. Nove dos 16 parques estaduais estarão abertos com restrição de portões e de horário de funcionamento e regras específicas. A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente vai monitorar as atividades e comportamento da população nos espaços durante as primeiras semanas para deliberar sobre a abertura integral.

“O Plano São Paulo é inovador porque ele tem gatilhos de endurecimento, não é só um programa de flexibilização. Por isso o Plano São Paulo é bom, ele tem uma visão de quarentena heterodoxa que analisa região por região e cidade por cidade com base na saúde. Portanto, esse zelo e atenção nós teremos permanentemente e isso diminui o risco de uma segunda onda”, disse Doria. “Isso não significa relaxamento, ao contrário, significa atenção redobrada para mantermos o platô em todo o estado e o controle sobre a doença”, completou o Governador.

Os parques estaduais urbanos Villa-Lobos, Candido Portinari, Água Branca e Ecológico do Tietê funcionarão de segunda a sexta, das 10h às 16h. Espaços fechados como bibliotecas, salas de atividades, museus e orquidários permanecerão com restrição. Será recomendada visita ao parque apenas para atividades físicas individuais como corridas, caminhadas, ciclismo, entre outras.

O mesmo horário será seguido pelos parques estaduais naturais Jaraguá e Cantareira (Núcleo Pedra Grande), cujas visitas deverão ser agendadas com antecedência mínima de 24 horas por meio do Site da Fundação Florestal, órgão responsável pelas duas Unidades de Conservação, e obedecer o limite de 30% da capacidade. As trilhas com ocorrência de mamíferos e cachoeiras permanecerão fechadas.

Já o Zoológico, Zoo Safari e Jardim Botânico estarão abertos de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h; sábados, domingos e feriados das 9h às 16h, com restrição de 50% dos ingressos. Nesta etapa, apenas a área de visitação aberta poderá ser utilizada. Os espaços fechados, tais como as exposições educativas, continuarão sem receber visitantes. Para visitação ao Zoo Safári, será permitido uso apenas de veículos particulares (o serviço de vans estará suspenso). O acesso às áreas comuns, como sanitários, lanchonetes e loja de lembranças, será permitido mediante utilização de máscara. Para o acesso de veículos, haverá desinfecção das rodas por meio de pulverizador e solução de hipoclorito de sódio na portaria.

Em todos os locais, a limpeza e desinfecção dos banheiros serão intensificadas. O uso de máscara continuará obrigatório, bem como o distanciamento social. Os permissionários de alimentação deverão seguir as regras específicas do setor e haverá totens com álcool gel em pontos estratégicos. Não será recomendado o uso de quadras e parquinhos.

Os protocolos estarão disponíveis na tarde desta sexta-feira (10) no site da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/ . Também serão publicados no Diário Oficial do Estado.

 

Serviço

Parques Estaduais Urbanos – Portarias

Água Branca

Av Francisco Matarazzo, 455 – portão principal

Rua Dona Ana Pimentel, s/n

Villa-Lobos

Av Prof Fonseca Rodrigues, 2001 – portaria principal

Av Prof Fonseca Rodrigues, 1025 – portão 3

Candido Portinari

Av Queiroz Filho, 1365

Parque Ecológico do Tietê

Rodovia Parque, 8054

Agendamento Fundação Florestal

Cantareira (Núcleo Pedra grande)

Jaraguá

Agendamento por meio do site ingressosonline.fflorestal.sp.gov.br (a partir de 11/07)

Zoológico e Zoo Safari

http://www.zoologico.com.br/

 

Parques temáticos

Os parques temáticos e de diversão poderão reabrir a partir de 12 de outubro em regiões que estejam na fase verde há pelo menos 28 dias consecutivos.  Haverá limitações previstas no Plano São Paulo: ocupação máxima de 60%, público em pé com distanciamento social (haverá marcações para delimitar a distância mínima) e uso de máscaras em todos os ambientes. Também será necessário haver venda de ingressos ou inscrições online, com marcação de assentos e horários pré-agendados, e controle de acesso para garantir a lotação autorizada. Os parques deverão adotar protocolos específicos para o setor e para brinquedos que geram aglomeração.

 

Assessoria de imprensa

Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente

sma.imprensa@gmail.com

Secretaria de Turismo

imprensaturismo@sp.gov.br