Profissionais de Turismo do Paraguai tiveram a oportunidade de conhecer as principais atrações de São Paulo, em reunião virtual realizada hoje (18) pela manhã. Foi o quarto encontro do tipo, coordenado pela Secretaria de Turismo do Estado, que já treinou os agentes e operadores da Bolívia, Argentina e Colômbia.
O objetivo é sempre o mesmo: revelar as diversificadas e atraentes atividades turísticas do nosso estado. Os profissionais chilenos serão os próximos, já no início de 2021.
Na ação de hoje, o estado foi mostrado em diferentes blocos: panorama geral, em seguida a Capital, o Litoral Norte e, encerrando, a Baixada Santista.  Luis Sobrinho, da InvestSP/Setur, mostrou a preocupação de São Paulo, de 45 milhões de habitantes e com 210 municípios turísticos, pela segurança quando o assunto é viagem. “Seguimos todos os protocolos de higiene e saúde para assegurar a retomada das atividades. É o regresso consciente, pois o Governo de São Paulo tem uma estratégia para reiniciar, de maneira segura, a economia do estado durante a pandemia do coronavírus”.
Sobrinho salientou também a boa infraestrutura paulista dos aeroportos, das estradas, da hotelaria, da gastronomia, das atrações que envolvem parques temáticos, circuitos turísticos, 293 praias em 622 km de litoral, além de 800 km navegáveis do rio Tietê.
Explicou aos paraguaios que o estado oferece todos os segmentos do turismo passando por atrativos de lazer, cultural, passeios em cavernas, em fazendas históricas e até balonismo.  Já a Capital foi evidenciada pelas Secretarias de Turismo, de Relações Internacionais e pelo SP Convention Bureau. Todos foram unânimes em exaltar a variedade de atrativos desta cidade cosmopolita com 12 milhões de habitantes e que o turismo da Capital não se limita aos negócios e eventos, pois pesquisas dão conta que 25% dos turistas vêm pelo lazer. A gastronomia, a vida noturna, as áreas verdes, a arquitetura, os complexos de saúde e o famoso café tiveram seus destaques nas explanações de cada um.
Por último, chegou a vez do litoral paulista que, para uma melhor compreensão aos paraguaios, foi mostrado pelo Litoral Norte e, depois, pela Baixada Santista.  O Litoral Norte com Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba com inúmeros atrativos turísticos que envolvem gastronomia caiçara e internacional chegando aos disputados Ecoturismo e Turismo de Aventura. Quanto à Baixada Santista, com Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, São Vicente, Santos, Guarujá e Cubatão, os destaques envolvem muita cultura, o Porto de Santos, a primeira cidade do Brasil, São Vicente, além da gastronomia e eventos.