O Conselho de Turismo do Estado de São Paulo (Conturesp) fez uma reunião virtual extraordinária, da manhã desta terça-feira (23), com o objetivo de elaborar um documento contendo reivindicações de seus integrantes frente ao momento de pandemia provocado pela covid-19.  Como o conselho reúne distintas entidades, ficou estabelecido que todas deveriam apresentar seus pedidos e posteriormente juntá-los em um único documento.
Muitos componentes fizeram uso da palavra para mostrar o cenário pelo qual estão passando, uma vez que os setores de eventos, hotelaria, bares e restaurantes, transporte turístico, entre outros, estão vivendo circunstâncias muito especiais por quase um ano, originando uma sobrevivência instável. Muitos conselheiros se expressaram sobre a necessidade da redução ou parcelamento de tributos, impostos ou serviços de concessionárias, como do ICMS, IPVA, energia elétrica e IPTU, como principais itens para amenizar o momento. Também se expressaram sobre obtenção de créditos para pequenos e médios empresários.
O secretário executivo do Conselho, José Roberto Magalhães, ressaltou que irá compilar as demandas das entidades e após a concordância de todos, juntá-las em um único documento, como uma pauta de consenso, e levar até o secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz para que, posteriormente, faça chegar às mãos do Governador João Doria.
Os membros do conselho também solicitaram ao secretário Magalhães que as pautas da Assembleia Legislativa, relacionadas às atividades turísticas, passem pelo Conturesp, o que resultou na formação de um Grupo de Trabalho para acompanhar os projetos de leis em tramitação.